LFT Liga Tubaronense de Futebol

Liga Tubaronense de Futebol

Regulamento - Primeira Divisão LTF - 8 clubes

Regulamento - Primeira Divisão LTF - 8 clubes

 

 

CAMPEONATO REGIONAL DE FUTEBOL

NÃO PROFISSIONAL – 2017 - 1ª DIVISÃO

TAÇA ARLETE TRANSPORTES& LOGÍSTICA

 

REGULAMENTO

 

CAPÍTULO I - DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO

 

Art. 1º - OCAMPEONATO REGIONAL DE FUTEBOL, versão 2017, será disputado poroito equipes, sendo elas as seguintes:


I– PALMEIRAS ESPORTE CLUBE;

II– SER UNIÃO DE ARMAZÉM;

III– PINHEIRINHO ATLÉTICO CLUBE;

IV– SOCIEDADE RECREATIVA E ESPORTIVA IPIRANGA - SERI;

V– ÁGUA VERDE;

VI– BOTAFOGO;

VII–PAULO CARNEIRO;

VIII–FERROVIÁRIO.

 

PARÁGRAFO ÚNICO: poderão participar dessa competição, as equipes que obtiverem o acesso participando da 2ª divisão no ano anterior.

 

CAPÍTULO II - DOS TROFÉUS E DOS TÍTULOS


Art. 2º - Às equipes que, ao final da competição forem consideradas a primeira e segunda colocadas, lhes serão atribuídos os títulos de CAMPEÃ e VICE-CAMPEÃ, respectivamente, do campeonato REGIONAL DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DE TUBARÃO 1ª DIVISÃO - EDIÇÃO 2017;

 

CAPÍTULO III - DA FORMA DE DISPUTA

 

Art. 3º - A competição será disputada em 3 (três) fases conforme abaixo e de acordo com os artigos seguintes.


I – 1ª Fase – CLASSIFICAÇÃO;
II – 2ª Fase – SEMIFINAIS;

III -3ª Fase - FINAL;

Art. 4º - A 1ª Fase – CLASSIFICAÇÃO,

 

Na primeira fase os clubes jogarão em turno e returno, classificando-se as 2 primeiras equipes de cada grupo para a 2ª fase (semifinais).

 

 

 

Art. 5º- 2ª Fase – SEMIFINAL

 

Esta fase será disputada pelas equipes    que ficaram em 1° e 2° colocados na fase de classificação de seus grupos e disputarão vaga para a final,que jogarão no sistema de ida e volta, classificando-se para a fase final, a campeã de cada chave. Será campeã da chave a equipe que ao final da partida de volta, tiver somado o maior número de pontos ganhos nesta fase.

 

Para se definir a campeã da chave, caso as equipes terminarem empatadas em número de pontos ganhos, estará classificada a equipe que tiver maior saldo de gols, caso haja empate em saldo de gols, a decisão será por penalidades máximas, em sua forma regular.

Nesta fase serão mandatárias da partida de volta as equipes que obtiveram a primeira colocação em seu grupo, na I fase.

 

Chave C: 1º grupo A x 2º grupo B

Chave D: 1º grupo B x 2º grupo A

 

Art. 6º- 3ª Fase – FINAL

 

Esta fase será disputada pelas equipes vencedoras das chaves ´´C´´ e ´´D´´, em jogo único, com mando de campo definido pela LTF, em caso de empate, o campeão será definido nas penalidades máximas em sua forma regular, sendo que, o estádio será definido pela Presidência da LTF.

 

Parágrafo único: Na partida final os valores dos ingressos serão: R$10,00(dez reais) masculino e R$5,00(cinco reais) feminino.

A renda da final será dividida entre os clubes e a LTF em três partes iguais.

 

 

CAPÍTULO IV - DO CRITÉRIO DE DESEMPATE


Art. 7º - Ao término da 1ª fase, no caso de 2 (duas) ou mais equipes terminarem empatadas em número de pontos ganhos, o critério de desempate será estabelecido pelos índices técnicos abaixo mencionados na seguinte ordem:

 

I –confronto direto(somente entre duas equipes);
II – maior número de vitórias;
III –melhorsaldo de gols;

IV – maior números de gols pró

V – menor números de cartões vermelhos

VI – menor número de cartões amarelos

VII – sorteio público na sede da LTF

CAPÍTULO V - DA CONDIÇÃO DE JOGO E DOS PRAZOS PARA A INSCRIÇÃO DE ATLETAS

 

Art. 8º - Para ter condições de jogo os atletas deverão estar com suas inscrições regularizadas no BID daConfederação Brasileira de Futebol(CBF)até sexta-feira que antecede as partidas que irão atuar.

Parágrafo único - As inscrições finais de atletas para o restante da competição, sem número limite, poderão ser feitas até sexta-feira que antecede a última rodada da primeira fase.

 

Art. 9 - Nas partidas, os atletas e membros das comissões técnicas terão que se identificar perante o delegado do jogo através de carteira de identidade, carteira de motorista ou passaporte.

 

Parágrafo único - O atleta que porventura chegar atrasado,poderá compor o banco de suplentes e participar da partida, desde que esteja relacionado antes de seu início.

 

Art. 10 – As equipes poderão relacionar no máximo 20 (vinte) atletas e a comissão técnica será formada por um técnico, um auxiliar e um massagista.

 

Art. 11 - O membro da comissão técnica que for expulso da área

técnica, ficará automaticamente suspenso da próxima partida.

 

Art.12 -Todo atleta que estiver punido pela Comissão Disciplinar da LTF, não poderá participar do campeonato.

 

Parágrafo único: - O atleta que for expulso de campo (cartão vermelho) e do banco de reservas ou a cada série de três advertências (3º cartão amarelo), fica automaticamente impedido de participar da partida seguinte.

 

Art.13 – As taxas de arbitragem deverão ser pagas em espécie, antes do início da partida, caso contrário, a partida não será realizada. Valores: R$240,00(por equipe) e a taxa de inscrição terá o valor de R$400,00 e deverá ser paga até o dia 06 de setembro.

 

 

 

CAPÍTULO VI - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

 

Art. 14º: As equipes terão que se apresentar para a partida com uniformes diferenciados (camisa, calção e meia). Em caso de coincidência dos uniformes, a equipe da casa(mandante) terá que providenciar a troca dos uniformes.

 

Art. 15º: O clube que entrar em campo após o horário marcado da partida, será cobrado uma taxa de R$ 20,00 (vinte reais) para cada 5 (cinco) minutos de atraso. O referido atraso será informado na comunicação de penalidades e a equipe punida efetuará o pagamento da multa antes de sua próxima partida.

 

Art 16: Todas as partidas estão marcadas para domingo, caso a equipe mandante queira antecipar para sábado, deve comunicar a secretaria da LTF até a terça-feira que antecede a partida. As equipes mandantes poderão escolher entre os seguintes horários: sábado das 15 ás 20:30 horas e domingo das 10 ás 17 horas.

 

Art. 17 – A requisição de policiamento para os jogos ficará a cargo da equipe mandante;

 

Art. 18 - Em cada jogo poderão ser efetuadas 5 (cinco) substituições, vedado em qualquer caso o retorno ao campo de jogo de atleta substituído.

 

Art. 19 – A equipe mandante deverá apresentar três bolas novas.

 

Art. 20 – Fica facultada às equipes a cobrança ou não de ingressos, que poderá ser feito no valor máximo de R$ 5,00.

 

Art. 21 - Os Estádios a serem utilizados pelas associações disputantes do Campeonato deverão ser plenamente aprovados pela diretoria da Liga e seu departamento técnico.

 

Art. 22 - É proibida a venda de garrafas de vidro nos estádios.

 

 

 

CAPÍTULO VII - DAS INTIMAÇÕES, JULGAMENTOS E Punições

 

 

Art. 23 - A equipe que não comparecer a partida deixando de disputá-la, ocasionando (W.O.), será considerada desistente da competição, e será punida com a eliminação e multa pecuniária de R$ 2000,00 (dois mil reais)e automaticamente rebaixado para a 2ª divisão em 2018.

 

Art. 24 -A equipe que desistir de disputar a competição depois de publicado o regulamento, ficará suspensa pelo prazo de 2 (dois) anos consecutivos e multa pecuniária de R$2000,00 (dois mil reais).

 

Art. 25 – O clube que se sentir prejudicado por atuação de jogador irregular inscrito na competição, deverá protocolar protesto escrito junto à secretaria da LTF, até 48 (quarenta e oito) horas à realização da referida partida, mediante o pagamento da taxa de R$ 100,00 (cem reais).

 

 

Art. 26 - As citações da Comissão Disciplinar chegarão aos interessados através do site oficial da entidade  www.ltf.com.br e pelo grupo de watssapp das equipes participantes nesse regulamento , devendo portanto os diretores dos clubes estarem atentos aos dias que ocorrerem julgamento na sede da Liga.

 

 

Art. 27 – A Presidência e o Departamento Técnico da LTF, com base no estatuto social, expedirão atos administrativos e resoluções para a boa e fiel execução do presente Regulamento.

 

Art. 28 - Os casos omissos e as dúvidas na interpretação deste Regulamento serão dirimidos pela Comissão Disciplinar Desportiva do Futebol de Tubarão, com base neste regulamento, no Regulamento Geral das Competições da Federação Catarinense de futebol – RGCFCF e do Código Brasileiro de Justiça Desportiva – CBJD.

 

 

CAPÍTULO VIII – DO REBAIXAMENTO A 2ª DIVISÃO

 

 

Art.29 – Nesta edição, não terá rebaixamento . O Campeonato Regional 2018 da LTF, terá a participação de 10 equipes.

 

 

 

 

WELITON BRASIL RIBEIRO

Presidente