LFT Liga Tubaronense de Futebol

Liga Tubaronense de Futebol

Conheça a história do homenageado do Campeonato Municipal de Tubarão

Conheça a história do homenageado do Campeonato Municipal de Tubarão

Uma pessoa muito importante para o crescimento da cidade de Tubarão. Isso é o que podemos resumir do homenageado deste ano, do Campeonato Municipal de Tubarão, Ângelo Antônio Zabot, o popular “Con”.

Nascido em 1946, Ângelo Antônio Zabot atualmente tem 70 anos e é pai de três filhos que sempre estiveram ligados ao futebol. O primeiro é Luciano Zabot, o mais velho. Luciano jogou nas categorias de base do Ferroviário e atualmente é servidor público do estado de Santa Catarina.

O segundo é Alexandre, que jogou na base do Criciúma, foi goleiro do Tubarão Futebol Clube, além de Coordenador de base do mesmo clube. Atuou por doze anos na fisioterapia do time de Futsal da ADFT/Unisul e hoje é fisioterapeuta do Clube Atlético Tubarão. Por último, vem Thiago, que teve carreira no futebol passando pelas categorias de base do Corinthians e no futsal, onde jogou oito anos na Itália.

História no Futebol:

Ângelo começou a sua carreira aos 18 anos de idade, em 1964. Na época, trabalhava na Ferrovia Tereza Cristina e assim, se tornava goleiro do Ferroviário. Em 1970, conquistou o seu primeiro título com a camisa do clube: o de campeão estadual. Entre 1970 e 1974, foi escolhido por três oportunidades como o melhor goleiro do estado.

O sucesso no Ferroviário foi tão grande, que em 1970, o Santos havia feito uma proposta a ele, para substituir o goleiro Gerson que estava contundido, porém, o goleiro acabou recusando.

Em 1972, o Figueirense acabara contratando-o, para ser o goleiro do Campeonato Brasileiro daquela época.

Em 75, Ângelo voltava a Tubarão para vestir as cores do Hercílio Luz Futebol Clube.

Nos final dos anos 70, o goleiro partiu para o amador e foi jogar no Caeté e Noroeste.

Carreira Política:

Ainda no ano de 1975, Ângelo iniciara sua carreira política. Foi presidente da Comissão Municipal de Esportes de Tubarão naquele ano. Alcançou por quatro oportunidades, o cargo de vereador da cidade e durante um ano foi prefeito da cidade de Tubarão de forma interina.

Volta ao futebol como diretor:

Em 1992, o homenageado voltou ao futebol, só que agora como diretor. Sua primeira função foi a presidência do Conselho Deliberativo do Ferroviário. Na época, o mesmo clube realizara uma fusão com o Hercílio Luz para a criação do Tubarão FC.

Nos anos 2000, foi presidente do Tubarão FC e em seu mandato, alcançou anos de glória conquistando o quarto lugar na Copa Sul-Minas em 2002 e a vaga à Série C do Campeonato Brasileiro daquela época.

A família de Ângelo comemora a homenagem feita pela Liga Tubaronense de Futebol.

“A família se sente honrada, por ainda em vida poder receber uma homenagem de uma entidade importante quanto a Liga Tubaronense.” comenta Alexandre Zabot, um dos filhos do homenageado.

O campeonato começa a partir do dia sete de maio, com quatro jogos movimento a primeira rodada. No grupo A, o Marathon enfrenta o Vila Real e o Revoredo joga contra o Oriente. Já no grupo B, o Humaitá joga contra o União Tubarão e a Ponte Preta, enfrenta o Pinheirinho.